Esse BLOG eu dedico ao maior e mais duradouro amor de toda a minha existência: o BDSM...



"UMA ALMA SÁDICA
NUM CORPO MASOQUISTA"

†Morticia†, 32 anos, switcher, sado/maso hard/litúrgico, amante apaixonada do BDSM. Curitiba/PR.

rainhamorticia@yahoo.com.br
 


BRASIL, Sul, CURITIBA, Mulher, de 26 a 35 anos


10/10/2004 a 16/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
08/08/2004 a 14/08/2004
01/08/2004 a 07/08/2004
18/07/2004 a 24/07/2004


 Sir Ganon
 Desejo Secreto
 Blog de Shadow Lord
 Mestre Jot@SM
 Site do Carcereiro
 SM Style BR
 subvron
 Senhora Helga Vany Freyja
 ?Mestre Feiticeiro?
 Immortal Shibari
 Tormentos








$2.95 a month web hosting



"BODY MODIFICATION" com uso de Solução Salina

"Body Modification", ou modificação corporal, é o nome dado a todas as alterações feitas no corpo humano, sejam elas permanentes ou não (ex: tatuagens, próteses de silicone, outras cirurgias plásticas, branding, escarificações, etc).

O estilo de modificação corporal do qual iremos tratar aqui é uma prática ainda pouco difundida no meio BDSM, embora apresente poucos riscos de fato, se tomados os devidos cuidados em sua execução.
Trata-se de uma modificação temporária, ou seja, com o passar de alguns dias (as vezes apenas algumas horas) ela desaparece, não deixando sequer marcas; e consiste em injetar solução salina estéril em certos locais do corpo humano, provocando assim um aumento de volume na área atingida, dando a ela uma modelagem diferente, além de ser uma tortura um tanto dolorosa se aplicada em certos locais específicos.
Apesar da dor, o maior efeito do uso da solução salina é na verdade psicológico. O(a) escravo(a) não sabe como será o resultado final e nem quanto tempo vai durar o efeito, e isso deixa-o por vezes apreensivo.
A confiança naquele(a) que o(a) domina é imprescindível; e ao Dominador(a) é necessário ter um mínimo conhecimento da anatomia humana e principalmente de assepsia, para que o resultado da técnica seja satisfatório a ambos.

LOCAIS mais comumente usados:
Em mulheres--> glândulas mamárias, vulva (grandes e pequenos lábios, clitóris), glúteos("bunda").
Em homens--> glândulas mamárias (p/ feminização), bolsa escrotal, glande e corpo do pênis (p/ deixá-lo maior/mais espesso).

MATERIAL utilizado:
solução fisiológica estéril (cloreto de sódio a 0,9%), agulhas (aquelas utilizadas para injeção intramuscular), seringa estéril descartável ou equipo de soro, algodão, álcool a 70% para assepsia da pele, luvas de latex e micropore.

PROCEDIMENTO:
1-O primeiro passo é friccionar o algodão embebido em álcool 70% em toda a área que será manipulada. Isso tem como objetivo retirar da pele os germes comumente encontrados em sua superfície, evitando uma contaminação interna ao introduzirmos as agulhas. Esperar a pele secar, sem soprar ou abanar o local.
2-Calçar as luvas.
3-Introduzir a agulha em ângulo reto (90%), com a seringa contendo a solução salina adaptada nela. Aspirar o local (tracionar o êmbolo da seringa) para ver se reflui sangue. Se refluir, você puncionou um vaso sanguíneo. Troque o local. Obs: se puncionar um vaso e injetar a solução, não trará nenhum prejuízo ao escravo, só que a solução será injetada na corrente sanguínea e não nos tecidos, portanto não surtirá efeito nenhum. Neste caso, basta trocar de local a agulha, sem contaminá-la (nunca toque na parte de metal). Não refluiu sangue? Ótimo.
4-Agora é só injetar a solução salina até a região ficar no tamanho desejado. Se o volume for grande, facilita muito utilizar um equipo e deixar a solução gotejando. Se a área for grande, como nos glúteos por exemplo, são necessárias várias trocas de locais de punção, para que a solução distribua-se por toda a região.
5-Terminada a infusão, retire a agulha e comprima o local por alguns segundos com algodão seco, colando a seguir um pequeno pedaço de micropore sobre o local da punção, que deve ser mantido por 30 minutos para evitar o extravazamento da solução.

PRONTO!
Agora é só curtirem juntos as novas formas que seu(sua) sub adquiriu!
Obs: nos homens, na bolsa escrotal pode-se tembém injetar ar, deixando-a inflada feito um balão. Os escravos nos quais realizei essa técnica relataram não sentir dor nenhuma quando a quantidade de ar injetada é moderada, não causando distenção da bolsa. A vantagem é que a bolsa escrotal cheia de ar aguenta tapas mais fortes pelo fato dos testículos estarem protegidos pela camada de ar ("air-bag").
E o barulhinho dos tapas é divertido para ambos:POP! POF! POF!  *eheheheheh

Boa diversão!

Texto escrito por †Rainha Morticia†
Revisão de texto: diego_†RM†


 



 Escrito por †Morticia† às 23h01
[ ] [ envie esta mensagem ]



Esse poema foi presente de meu amigo Tormentos e veio bem a calhar para mim hoje. Claro que com o fundo musical que ele enviou junto, fica mil vezes melhor... Porque ele veio a calhar?? Não sei...
Ou melhor...Eu sei...
 
 
                    Metade
 
 
Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que eu sei
Que a morte de tudo em que acredito, não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio
 
Que a música que ouço ao longe  seja linda, ainda que em tristeza
Que a mulher que eu amo seja para sempre amada, mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade
 
Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas como a única coisa que resta em um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo
 
Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço
E que essa tensão que me corroi por dentro seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que penso
Mas a outra metade é um vulcão
 
Que o medo da solidão se afaste e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso que eu me lembro ter dado na infância
Porque metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade eu não sei...
 
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria pra me fazer aquietar o espirito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço
 
Que a arte nos aponte uma resposta mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção
 
E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade... também...
 
                                       (Osvaldo Montenegro)


 Escrito por †Morticia† às 05h31
[ ] [ envie esta mensagem ]



Da Tristeza e o Abandono

Insensatez

                   †Morticia†

Desvairada, ela escala agora o precipicio de onde se jogou
Arfante, exausta, rastejando nos pedregulhos da propria vida
No corpo velado e na alma rota as cicatrizes eternas, feias e amargas de tudo o que ja viveu

Cada renascimento dela e' um novo parto
Doloroso, insano, estupido e inconsequente
Que tento desesperadamente abortar

A vida dela e' um resumo de tudo o que ha de mais condenavel
Sofrer por nascer e' destino
Nascer para sofrer e' irresponsabilidade

Vai, escrava errante, abandona o meu ser
Desgarra-te de mim
Volta para as profundezas do abismo
De onde um dia deixou-se cair
Vivo eu melhor assim

Todo o meu sofrimento provem de ti
Quando insistes obstinada em reiniciar
Das tuas escolhas insensatas
Sei bem quem paga o preco
O teu querer e' o meu penar.




 Escrito por †Morticia† às 22h58
[ ] [ envie esta mensagem ]



Encoleirando os Candidatos

Encoleirando os Candidatos...

Vamos espantar a tristeza deste blog! Agora eu vou contar um segredinho-de-estado pra vocês, eheheeh...

Os três principais candidatos à prefeitura de Curitiba estão também disputando a minha coleira.
Hmmmmmmmmmmm que delícia...nosso futuro prefeito é um submisso!...
Avaliem o perfil de cada um:

ANGELO VANHONI --> o petista; quarentão, grisalho, bonitão...acho que dá um bom sub.
Dos três, é sem dúvida o mais submisso. Está absolutamente convicto do que quer (não tô falando das  suas aspirações políticas não) e  está disposto a transpor todos os poucos limites que tem, como por exemplo, agulhas e chuva dourada. Fará de TUDO para merecer e honrar a minha coleira, inclusive usando-a em público sempre.
Nesse tudo inclui-se a construção do Primeiro Clube BDSM de Curitiba.
Suas frases prediletas:
Para ouvir: -"De joelhos, escravo!"
Para dizer: -"Sim, Senhora, me use bastante"


BETO RICHA --> o vice-prefeito, filho do nosso saudoso ex-governador José Richa, promete arrasar como escravo. Novinho, bonitinho e experiente no BDSM; já passou pela mão de duas Dommes e de 1 Dom. Mostrou-se tímido aos extremos (hmmmmm delícia).  Adora xingamentos, tapas na cara e humilhações diversas.
Seu sonho é ficar confinado num dispositivo de castidade. Prometeu divulgar descaradamente o BDSM em Curitiba e em todo o Brasil, servindo inclusive como garoto-propaganda.
Frases prediletas:
Para ouvir: -"Cachorro vadio, safado, putano semvergonha!"
Para dizer: - "Sim Rainha sou seu puto, eternamente seu, Senhora!"


OSMAR BERTOLDI --> o "candidato do prefeito" é o mais lindão dos três, sem dúvidas.
Além de adorar inversão, é masoquista de carteirinha; chegadão num spanking hard, num canning violento mesmo e num CBT impiedoso. Adora marcas, as quais mostra em público com orgulho.
Já foi escravo de um Mestre alemão ultra-hard. 
Está construindo uma masmorra gigantesca nos fundos de sua casa.
Frases prediletas:
Para ouvir: -"Hoje eu vou pegar pesado com você, escravo!"
Para dizer: -"Mais, Senhora, bate maisssss..."

......

Qual dos três promete mais, pessoal?
Vamos votar aí nos comentários....
Aguardo a decisão de vocês!

 



 Escrito por †Morticia† às 23h39
[ ] [ envie esta mensagem ]



Triste passado BDSM - parte 1

........ junho de 1992......

-  Senhor, aconteceu algo grave...inesperado...absurdo...não sei nem o que dizer, mas...o teste de gravidez deu positivo! Como pode isso? Nunca transei sem camisinha!
-  Eheheheheh....EU furei as camisinhas...

..........


-  Mestre, eu ainda não fiz 21 anos...tenho ainda 1 ano de faculdade pela frente...e nós nunca conversamos sobre essa questão de filhos...não acho certo isso.
-  Não interessa! EU quero um filho e pronto! Você é minha escrava! Tem que me dar TUDO que eu quero! Sem questionar!


........outubro do mesmo ano...........


-  Boa noite, eu sou o obstetra de plantão; acabei de fazer a cesariana em sua "namorada".  Infelizmente o feto já estava morto no útero... Era um garoto, bem grandinho e todo formadinho já, 6 meses de gestação...
Creio que o senhor saiba os motivos do óbito fetal. As marcas de chicotadas e hematomas no ventre dela não deixam dúvidas...
Ela permitiu isso? Bater em sua barriga, estando grávida?
-  ......não....eu tinha cheirado pó.....fiz besteira....
-  Já chamamos a polícia, senhor. Eles estão lhe aguardando na sala ao lado. Sugiro que dê um telefonema antes. Chame amigos e parentes seus e dela. Ela teve uma hemorragia grave e precisamos de 10 doadores urgente.
-  ..........
-  Ela está em coma e será transferida para a UTI assim que possível.
Reze para que ela saia dessa, para o seu próprio bem...

 

 



 Escrito por †Morticia† às 01h59
[ ] [ envie esta mensagem ]



SERIA O BDSM ALGO HEREDITÁRIO?

Ultimamente, minhas conversas no MSN com meus amigos tem me rendido boas idéias e assuntos para serem colocados neste blog. Ontem não foi diferente.
Tive a felicidade e o enorme prazer de encontrar online o nobre amigo Mestre Freitas, de BH, e a conversa tomou alguns rumos interessantes.


     Um deles foi: seria o BDSM algo geneticamente herdado?
No meu caso acredito que foi, no dele também.  E nos demais casos?

    Sendo o BDSM algo que não costumamos abordar deliberadamente, em família e no trabalho, por exemplo, quantos de nós assumiríamos perante amigos e família os nossos fetiches?  Bem poucos...
   E sendo assim, quantos pais ou mães, ou avós, tios, etc não temos em nossos meios, sem que sequer saibamos?

   Eu tive a sorte de descobrir, ao acaso, a verdadeira paixão e dedicação de meu pai pelo BDSM. Sim, ao acaso. Pouco tempo depois ele faleceu e eu poderia jamais ter sabido coisa alguma. Creio que, deliberadamente, ele jamais teria me contado, se a iniciativa não tivesse partido de mim mesma.

   Vejam bem: BDSM é algo pouco comum entre a grande maioria da população mundial. Como então explicam-se dois casos em uma mesma pequena familia? Apenas coincidência?  Eu acredito que não.
   Mesmo porque eu não acredito em coincidências tão grandes.
   Menos ainda em um caso como esse.
     

 



 Escrito por †Morticia† às 01h07
[ ] [ envie esta mensagem ]



INCOERÊNCIA...?

O papo que tive hoje a tarde no MSN com uma sub aqui de Curitiba deu-me a idéia de escrever esse texto, porque trata de questões bastante comuns no meio BDSM.
Ela relatou-me a dificuldade de encontrar um Dono por aqui, embora eu tenha dito que conheço muuuuitos...
Daí ela me trouxe a tona o seguinte: sim, há muitos que se dizem Dominadores...mas quantos realmente o são?? Quantos que vêem numa escrava algo mais do que simplesmente uma mulher devassa que gosta de um sexo apimentado??
Muitos confundem isso com "ser um Mestre SM"  e são apenas "Mestres de sessão" esquecendo que as verdadeiras escravas querem é uma relação D/s.
Não falamos aqui em namoro ou coisa do gênero, visto que essa sub me disse não se importar se o Dom é casado ou comprometido.
Falamos sim na incoerência de muitos Doms que "pintam um quadro pessoal" que não condiz com sua realidade no BDSM.

Bem, relatei à ela que já vivenciei situações do gênero, inclusive minha última experiência como escrava teve um desfecho horrível por conta de problemas semelhantes, tanto que decidí de vez aposentar meu lado sub. Também porque não foi a primeira, rsrsrsr.
Como Domme já vivenciei muitas dessas, e creio que ainda irei vivenciar muito mais...
"Então o problema não é com os Doms apenas, é com os HOMENS em geral"? Parece que sim, infelizmente. Eu sei que meu texto pode estar ofendendo à alguns homens que são verdadeiramente Dominadores ou submissos, mas vejam bem....Esse texto não está falando de vocês e sim dos falsos-BDSM'mistas que circulam em nosso meio. Que infelizmente sujam os vossos nomes e fazem com que as mulheres sumam do meio.
Já existe o problema de termos menor número de mulheres do que homens no BDSM, certo?  Pois as que tem somem mesmo, com medo de encontrar um embuste desses pela frente!

Mas o que para ela chama-se apenas incoerência, eu denomino "criancice", "insegurança" e "mau-caratismo" mesmo...
Todos nós sabemos a dificuldade que um homem tem em assumir relacionamentos, sejam elas quais forem. Só que as vezes nos iludimos achando que todo o cara que entra nesse mundo (BDSM) é mais maduro, sabe o que quer e tem noção de onde está enfiando o nariz. Ledo engano. Muitos não fazem nem idéia, e transferem seu medo e insegurança baunilhas para o lado de cá....
Não digo que as mulheres não errem, mas em nosso meio aquelas que ainda estão inseguras quanto ao SM ficam só no virtual mesmo, ao que parece. Quando reslvem assumir uma relação SM levam a sério de fato.
Sem medos, desculpas furadas ou maquinações desnecessárias.

HOMENS: vocês são lindos, gostosos, sensuais, e eu adoro vocês...mas que as vezes vocês merecem apanhar e muito, ah isso merecem!
Eheheheheh...



 Escrito por †Morticia† às 23h43
[ ] [ envie esta mensagem ]



O dia dos pais foi anteontem...
Mas hoje seria o aniversário dele, hoje, 10 de agosto, e se ele estivesse ainda presente entre nós fisicamente, gostaria muito de poder abraça-lo mais uma vez...uma única vez...
Aquele que além de pai foi meu primeiro Mentor BDSM.
Lembro com carinho ainda hoje as nossas primeiras conversas a respeito.

...
outubro de 1989

-Pai, tem umas coisas lá no porão que penso serem suas...
-Quais coisas, filha..?
-Uns chicotes, umas cordas, e outras coisas que não conheço ainda mas estou começando a conhecer...
- ...
-Pai, pode se abrir comigo. Eu já sei quem você é e o que você é. Nós dois somos iguais, apenas estamos em lados opostos do chicote.
- Vem aqui, minha filha...Precisamos conversar.

...

-Filha, você está me dizendo que é ESCRAVA de um sujeito??? HUAHUAHUAHUA!!!!!!!!!!!!!
-Porque está rindo, meu pai? Qual o problema?
-Problema? Bem, filha, conheço você desde que nasceu pra saber que tua personalidade é de dominadora e não de submissa. Estou surpreso com isso, desculpe a sinceridade, mas não deixa de ser divertido. Duvido que se saia bem como escrava de alguém.
-Pois eu te mostrarei. Serei uma ótima escrava para meu Dono.
-Tudo bem, filha...Desejo mesmo que assim seja, se é o que quer.

...
novembro do mesmo ano

-Sabe, pai? Meu Dono é um switcher...ele é submisso também, não à mim, claro, mas à uma outra pessoa.
-E como você vê isso, filha?
-Sem problemas, meu pai...eu sou igual à ele...e ele já me disse que se eu quiser ele até me ajuda a arranjar um escravo para mim...gostaria de saber a sua opinião. E contar com a sua compreensão.
-Eu tinha certeza que esse dia chegaria e não iria demorar, filha...Vem aqui...Vou te ensinar a manejar os chicotes, entre outras coisas. Mas o mais importante, você sabe, não é a prática...é o caráter. Ser uma Domme é muito mais que ser sádica, que saber bater. Acho que chegou a hora de você aprender a fundo o que é o BDSM. E no que depender de mim, você será tão boa Dominadora quanto está sendo como escrava para o seu Dono. Ou até melhor.

...

um ano depois meu pai partiu, deixando um vazio imenso em minha existência...
com apenas 47 anos, ele partiu jovem ainda, mas não antes de fazer-me ver e sentir toda a paixão e dedicação que ele tinha por aquele que com certeza foi o maior amor da vida dele: o BDSM
com certeza foi um dos melhores anos de toda a minha vida...



 Escrito por †Morticia† às 23h42
[ ] [ envie esta mensagem ]



QUERO VOCÊ

 

Eu quero você, escravo meu
Desnudo, despido aos meus pés
Tire não somente as suas roupas,
mas também os seus medos, anseios e pudores
Jogue no chão o seu machismo baunilha
E entregue-se à mim sem tabús e sem reservas
Pois é assim que te quero...

 

Aceite as humilhações que te imponho
com um sorriso
Encare os meus xingamentos
como elogios
E os maus-tratos que te inflijo
como carinhos

 

Pois é quando eu te piso, que eu mais te quero
É nos momentos em que eu te espanco, que eu mais te desejo
Se eu te torturo é porque te adoro
E se eu te castigo, é porque eu verdadeiramente te amo...

                                                                †R. Morticia†

 

 

 



 Escrito por †Morticia† às 14h11
[ ] [ envie esta mensagem ]



Dommes não gostam de sexo???? (Ô LOUCO!!!! Quem disse isso???)

 Hoje me deparei com uma questão que pensei não mais existisse no BDSM...A questão do preconceito quanto ao envolvimento sexual entre Dommes e escravos!!!

Todo mundo concorda e aceita numa boa o envolvimento sexual entre Doms e escravas...mas, pasmem, ainda tem gente que condena o sexo entre Dommes e escravos!!!!!!!! Podem rir, mas é verdade!!!

O que significa isso? Que uma Domme, se quiser sexo, terá que procurar um baunilha, ou um Dom para isso?? Pois se o que mais nos agrada sexualmente é o homem submisso na cama, sinceramente não entendo o posicionamento de algumas Dommes em achar que: 1- escravo é um ser inferior, portanto não merece prazeres advindos de sua Dona (discordo totalmente);  2- o escravo perderá o respeito por sua Domme se ela ceder aos seus apelos eróticos (isso pra mim se chama INSEGURANÇA); 3- o homem submisso não gosta de sexo (!!!!!!Ô LOUCO!!!). 

Bem, não vou me delongar nisso...só pude dar boas risadas mesmo!!!!



 Escrito por †Morticia† às 22h57
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por †Morticia† às 05h43
[ ] [ envie esta mensagem ]



Mortícia
Autor(a): Eduardo


Você é capaz de rir da minha agonia.
Empalado por entre as ordens de tua cobiça.
Serei tua caça.
Tua vitima a consentir.
Buscar teu lado mais negro.
Perigoso.
Insaciável.
Seras a Morticia real?
A buscar na dor.
De seu cativo.
O orgasmo pungente do teu corpo.
Qual o teu limite se da minha parte não coloco nenhum.
Não tens medo de deixar encarnar tua fera interna.
E nos teus sonhos de sadismo buscar a alma animal.
Não te chocas com meus gritos de terror.
Se minhas lágrimas te excitam.
E meu sangue te fazer esquecer tua civilidade.
Quais teus demônios ainda não confrontados?
Qual teu objeto de prazer.
Seras capazes de me tomar de assalto e lanhar meu corpo nu?
Poderei esperar a sanha dos vencidos.
A servir de escravo da fera.
Cuidada bela senhora.
Sou uma criatura das sombras.
A buscar minha fera.
Quem me trucide com sua ferocidade.


 Escrito por †Morticia† às 05h42
[ ] [ envie esta mensagem ]



 "UMA ALMA SÁDICA NUM CORPO MASOQUISTA"

   †Morticia†, 32 anos, switcher, sado/maso hard/litúrgico, amante apaixonada do BDSM. Curitiba/PR.



 Escrito por †Morticia† às 21h28
[ ] [ envie esta mensagem ]



HOMENAGEM PÓSTUMA

                                                        Mt Carlos *29/07/53  †30/06/2001

Apenas algumas breves palavras, para lembrar à todos quem ele foi

Como se em algum dia em minha vida eu pudesse esquecer do grandioso homem, que por 8 anos me guiou, me conduziu como sua escrava, expandiu todos os meus limites e fez de mim a masoquista que sou hoje.

O homem que além de Mestre foi amigo, irmão, pai, confidente e mentor.

Esse homem, que mesmo quando fraco e debilitado pela doença nunca deixou de ser autoritário e disciplinador de seus escravos; e mesmo em seu leito de morte teve palavras encorajadoras à todos nós. Ou quando as palavras já não lhe eram mais possíveis, nunca deixou de amparar-nos com seu olhar severo porém amável e cuidador.

À ele, cuja vida foi tão breve porém tão intensa, dedico ainda hoje boa parte de meus pensamentos e lembranças, cheias de saudades. "Você estará sempre presente em minha memória"...

                                                                  †RM†



 Escrito por †Morticia† às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por †Morticia† às 18h22
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]